A culpa é das estrelas

Todo mundo aqui já ouviu falar de A culpa é das estrelas, né? Então… fui na livraria comprar esse livro diversas vezes, mas sempre levava outro. Por que? Não sei, acho que de tanto ouvir falar dele fui criando resistência. Em uma das minhas idas em busca do A culpa é das estrelas, terminei voltando pra casa com Quem é você, Alasca?, outro livro de John Green, que acabou sendo minha primeira leitura do autor. Adorei Alasca, o que fez minhas expectativas com A culpa é das estrelas aumentar, fora isso, o mundo inteiro falava do quanto o livro é incrível… vejam bem, muitas expectativas.

IMG_1581Daí saiu o filme e eu resisti arduamente, porque eu queria ler o livro primeiro. Meses se passaram e eu já tava desistindo de ler, quando o livro cai no meu colo. Minha mãe leu e me emprestou dizendo que eu ia amar. Ela falava dele como eu falo de Eleanor & Park, então não podia ter erro, né?

O que eu sabia do livro é que Hazel é uma paciente com câncer terminal que conhece um garoto incrível, Augustus Waters, e eles vivem um romance. Notem, eu não sabia praticamente nada. Então, por mais que o mundo inteiro falasse do livro, pra mim ele foi uma completa surpresa e posso dizer que Hazel, Gus e Isaac foram gratas surpresas.

a2John Green não decepciona e não tem erro mesmo. O livro é super bem escrito, com personagens inteligentes e várias frases de efeito bem marcantes. A história é linda, engraçada, amável e triste, daquelas que você (eu, no caso) chora, mesmo. O livro vai muito além do câncer e das dificuldades de cada um dos personagens – sem deixá-las de lado -, fala do amor e de suas possibilidades independente de tudo, de sentimentos e de diferentes infinitos. É um desses livros marcantes que ganha seu coração.

Se você fez a mesma besteira que eu e bloqueou A culpa é das estrelas antes de ler, desbloqueia e abre o coração, porque possivelmente você também vai se apaixonar “gradativamente e de repente, de uma hora pra outra”.

A culpa é das estrelas foi escrito por John Green e lançado no Brasil pela editora intrínseca e já ganhou sua adaptação no cinema. Agora vou ver o filme que me foi muito bem recomendado também. (;
Nota: ♥♥♥♥♥

Anúncios

16 comentários sobre “A culpa é das estrelas

  1. Ju, nós tivemos a mesmíssima relação com A Culpa é das Estrelas. Se leres a minha resenha do livro, vais ver como tivemos exatamente as mesmas percepções. Eu também não sabia nada dele até ler, mas não resisti tanto assim. Faz mais ou menos um ano que li e ainda lembro como se fosse ontem os momentos que esse livro me proporcionou. O filme é igualmente excelente, talvez a adaptação mais fiel que assisti até hoje. Vale a pena ser visto o quanto antes! ❤ ❤ ❤ ❤

  2. Eu, particularmente, não curti o “A culpa é as estrelas”. A história é bem bonita, mas não me convenceu muito. Diziam pra mim que eu choraria e tal, e isso não aconteceu comigo. Fiquei muito surpreendida com isso, rs. Com isso, perdi a vontade de ver o filme.

    Beijos.

    1. Kellen, acho que é tudo culpa das expectativas. Eu gostei muito do livro, de fato, mas acho que se as pessoas tivessem falado um pouco menos dele, eu teria gostado infinitamente mais. Eu chorei (mas não sou referencial, choro com facilidade), mas achei que ia desidratar, sabe? E na verdade, chorei umas 5 lágrimas. Quem é você, Alasca? mexeu muito mais comigo, provavelmente porque eu não esperava nadinha dele.
      =*

  3. Ai Jubs, sei lá. Eu quero assistir, quero ler, quero ler algo do John Green. Mas eu meio que já sei o final e acho que esse é o motivo principal da minha resistência. Só que depois dessa tua resenha, acho que vou criar vergonha na cara, ser corajosa, aproveitar que é um livro barato e comprar. E ler. E morrer chorando. E depois ver o filme e chorar mais ainda. Ai, que medo ;~

    1. Hahaha bem, eu tinha a vantagem de não saber o final até metade do livro. Assim, eu sou essa pessoa que chora rios sempre, né?! Mas me orgulho em contar que fui contida e chorei bem mais em Quem é você, Alasca?. Lê/assiste, na pior das hipóteses é assunto pra gente conversar 😀 :*

  4. Eu fui dessas que bloqueei A culpa é das estrelas e ainda tá bloqueado hahaha Pensei em assistir o filme quando saiu, mas fiquei resistente também. Agora seu post me deu uma convencida de que eu devo dar uma chance hahaha Depois te conto se eu resolver ler/assistir.
    :*

  5. Eu não li Alasca e talvez seja meu último John Green.
    A Culpa é das Estrelas foi o primeiro que li (um pouco antes de virar febre por aqui) e adorei. Ai li O teorema Katherine e não curti… Tinha desistido do JG até precisar ler Cidades de Papel porque quero muito ver o filme. Depois disso, voltei a desistir, mas me pediram para ler Quem é você, Alasca? e estou considerando, rs

    1. Lari, eu gostei muito de Quem é você, Alasca?. Você não é a primeira a me falar que não gostou do teorema Katherine, mas me falaram que Deixe a neve cair é ótimo e acho que vai ser o meu próximo dele. O que tu achou de Cidades de Papel?

      1. É um pouco complicado falar de Cidades de Papel porque eu li já pensando em ver a Cara Delevingne no papel da Margo. Então, já li pensando “eu vou gostar, eu vou gostar”. Graças a isso, minha visão é bem parcial. Mas, nem de longe é tão bom quanto A Culpa é das Estrelas.

        ps: Se não ficou claro, rs, eu adoro a Cara.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s