O Resgate

Denise é mãe de Kyle, uma criança de 4 anos que tem dificuldades com a linguagem, mas ainda não conseguiu receber um diagnóstico correto. Eles sofrem um acidente de carro durante uma tempestade violenta na Carolina do Norte e Taylor McAden, voluntário do corpo de bombeiros, encontra o carro com Denise desacordada, mas Kyle não está lá. É assim que começa O Resgate.

IMG_1714Confesso que o livro me prendeu de cara e eu, que não tinha lido a sinopse (sou dessas), fiquei achando que seria sobre o resgate de Kyle. Nananinanão, não se enganem como eu. O resgate de Kyle é só a ponta do iceberg, pois quem precisa realmente ser salvo nessa história é Taylor, mas não no sentido físico. Ele é um cara complicado que vive arriscando a vida para salvar os outros, mas o que poucos sabem é o motivo que o leva a fazer isso. O livro conta a história de Taylor a partir da sua relação com Denise e com Kyle, com participação de Judy, Mitch e Melissa.

Achei o começo do livro ótimo, depois dei uma pequena desanimada, pra em seguida animar de novo e só largar o livro depois da última linha, com os olhos vermelhos (chorei rios). Observar o efeito dos acontecimentos da infância de Taylor na sua personalidade e no seu comportamento (alô psicologia) é bem interessante e esse foi um dos pontos que mais me prendeu no livro. Particularmente também fiquei encantada com Kyle e no final do livro vi que ele foi inspirado em Ryan, filho do autor, que tem o mesmo problema. Todas as dificuldades narradas através de Denise foram reais e vivenciadas pelo Nicholas Sparks, o que fez eu me encantar mais ainda pela história de Kyle/Ryan. Achei incrível.

Não vou falar mais para não dar spoiler. O Resgate, escrito por Nicholas Sparks, foi lançado pela editora Arqueiro em 2014 e vale muito a leitura.
Nota: ♥♥♥♥

Anúncios

7 comentários sobre “O Resgate

  1. Ju, eu já vi filmes do Nicholas Sparks, mas nunca li um livro, achei que seria melodramático e arrastado demais – não sei o pq desta impressão! Agora tô pensando em ler sim, vou acrescentar no meu skoob, aí futuramente eu me arrisco :**********

    1. Bru, mas tua impressão não é errada não. Como eu disse no post, teve uma parte que dei uma morgada, quase na metade do livro… mas depois fica bom de novo, muito bom, daí faz valer até a parte mais chatinha. =*

  2. Ain, então, se tu chorou litros, thanks, eu passo. Apesar de já ter visto 670 filmes baseados nas histórias do Nicholas, não li nenhum livro dele. E o único filme que gostei mesmo foi Diário de uma Paixão. Gostei não né, amay. De qualquer forma, acredito que Resgate seja bão mesmo, confio na tua opinião. Beixô.

    1. Hahaha chorei, Kat. Teve um acontecimento específico no livro que eu chorei riiiiios, já pertinho do final. Mas agora que tu falou de Diário de uma Paixão, vou procurar os filmes dele. =*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s