Adeus True Blood

Esse post contém alto índice de spoiler.

O último episódio de True Blood foi exibido semana passada e eu me dei o direito de adiar o sofrimento por alguns dias. Assisto a séries desde o começo e não sou boa com despedidas. Além disso tinha lido algumas críticas sobre o livro e bem… elas não foram das melhores. Acho que, nesse tempo de espera, eu contava que alguém dissesse que era tudo pegadinha e refizessem o final.

Esse post vai ser dividido em expectativa e realidade e sim, ele contém diversas informações sobre o final da série. Se você ainda quer ver e quer ser pego de surpresa, não leia.

Expectativa

Minha expectativa para o final de True Blood era meio óbvia, depois de Bill ter se negado a tomar a cura para a hepatite V, Sookie teria a genial ideia de colocar o sangue da loira-azeda numa seringa e aplicaria em Bill, simples assim. Eles iam terminar juntos e seriam felizes pelo tempo que a jovialidade dela deixasse. Talvez, vendo que estava ficando mais velha que ele, ela tivesse uma crise existencial e resolvesse virar vampira para os dois viverem juntos pela eternidade, sei lá, isso não entraria no final. Eles simplesmente ficariam juntos.

Jéssica ia ficar com Jason, por motivos de: ela traiu o “amor da sua vida” com o melhor amigo dele, no caso, Jason. Logo, isso tinha que valer de alguma coisa. Eric e Pam continuariam juntos para sempre vendendo New Blood e ele acharia uma nova humana pra ir atrás, porque tava ficando chato isso de todo mundo querer Sookie (chegando ao nível de Elena em The Vampire Diaries). Arlene tomaria a cura da hepatite V e namoraria o vampiro bonitão que é doido por ela. Sam voltaria a morar na cidade e Hoyt… Quem é Hoyt? Ele continuaria no Alasca.

Realidade

Agora vamos para a parte triste: a verdade. Bill resolve morrer para que Sookie tenha uma vida “normal”, livre de vampiros, possa constituir família e blábláblá. Porém, contudo, todavia, de última hora ela desiste de usar sua “bola de luz” nele, e resolve continuar sendo fada, logo ela continuaria atraindo vampiros e se sentindo atraída por eles. Sabendo disso o que Bill faz? Decide que quer morrer do mesmo jeito. Sério, gente? Mas tá, o moço era suicida e ninguém sabia.

Aí que o amor da sua vida tem uma doença, vai morrer de todo jeito. O que você faz?
(  ) fica ao lado dele segurando sua mão até o último momento.
(  ) não aguenta viver sem ele e morre junto.
(x) enfia uma estaca no coração dele.
Pois é, obviamente Sookie enfia uma estaca no coração de Bill e PAM, ele morre. Cabô. Morreu. Adeus, Bill. Embora eu já soubesse que ele tinha morrido no livro, não rolou! Eu tinha certeza que iam mudar esse detalhe na TV. Gente, Sookie matou Bill. ComassimBrasil? Não! Não! e não!

Mas daí que tudo que é ruim pode piorar, essa pessoa que vos fala começou a esperar pelo segundo final mais óbvio: Sookie ia ficar com Eric. Porque sim. Mas não, inspirado no final das novelas da globo, a próxima cena se passa três anos depois. Jéssica está casada com Hoyt, Jason está casado com a ex-namorada que Hoyt trouxe do Alasca e eles tem TRÊS filhos. Todos estão sentados ao redor de uma mesa cheia de comida, sorrindo e conversando como uma grande família E Sookie está grávida. Para conseguir minha indignação total, Sookie abraça um homem que só aparece de costas, senta na mesa e… tchau galera, é isso.
Acabou.
giphy