Jamiroquai

Esses dias foram tão corridos que eu quase esqueci de postar a trilha sonora desse final de semana, mas foi só quase e to aqui pra não permitir que esse erro aconteça. Desde ontem estou cantarolando Jamiroquai, por isso ele tomou o lugar de Kings of Convenience na trilha sonora dessa semana.

Conheci Jamiroquai na época da escola pelo CD Travelling Without Moving, e gostei desde a primeira música. Dez anos se passaram e eu continuo curtindo demais. É um som bem delícia, meio dançante, meio lounge, todo lindo.

Então a dica de hoje é: chama os amigos, abre um vinho e dá o play, porque hoje é sábado e a gente merece.

Bom final de semana, bonit•s! =*

Anúncios

Put your records on

Bom dia, sabadão!
A trilha sonora de hoje seria o Echoes, Silence, Patience & Grace do Foo Fighters, só pra contar pra vocês que meu ingresso tá comprado. o/ Em janeiro pretendo estar tão perto do palco que vou sentir até o cheiro do perfume de Dave Grohl (exagerada sempre, mas é felicidade demais pro meu velho coração <3).

Mas hoje eu acordei com uma música linda, feliz e digna de um sábado MARA. So… girl, put your records on, tell me your favorite song. you go ahead, let your hair down…

You’re gonna find yourself somewhere, somehow. (;

Bom final de semana e arrasem na urna amanhã. Nada de deixar de votar em candidato por achar que esse “não tem chance”, ou votar em **** ******* (adivinhe quem é o candidato secreto), por favor. To contando com o bom senso de vocês. =*

 

Foo Fighters no Brasil

Foo Fighters já foi trilha sonora de sábado por aqui com Best of you, a música que é toque do meu celular há tanto tempo que parei de contar. Mas eis que semanas atrás me veio uma notícia linda: Vai ter show de Foo Fighters no Brasil em 2015. Depois de ter pedido o show deles no Lollapalooza, comecei a pensar diariamente na possibilidade de ir pra esse show, que eu nem sabia quando, onde ou quanto seria.

Semana passada vi no facebook deles a divulgação dos shows pela América do Sul e aqui no Brasil teremos quatro shows, QUATRO. Surge a nuvem de pensamento acima da minha cabeça: São quatro! Não é possível que você não consiga ir pra um. Comecei a fazer “mamãe mandou” entre Rio e São Paulo, e a segunda opção venceu.

Ontem recebi o e-mail falando da pré-venda, que diz que o show em São Paulo vai ser dia 23 de janeiro, às 21h, no Estádio do Morumbi (com capacidade para 67.400 pessoas), e que a pré-venda para fãs será ao meio-dia dos dias 28 e 30 de Setembro, e para os demais, dia 1 de outubro. Mas até então nada de preços. Eu tava achando que ia ser tão, mas tão caro, que cheguei a descobrir que meu rim valia mais de R$400 mil no mercado negro e que mesmo que fosse TÃO caro, havia essa possiblidade. =x  Daí o marido viu no Nação da Música os detalhes sobre os ingressos e eu vim compartilhar aqui.

Em São Paulo os ingressos variam de R$100 a R$640 reais. Os preços na imagem são das entradas inteiras. Achei R$100 um preço bem razoável, não levando em conta o fato de, pela distância, você só vê alguma coisa pelo telão. No momento ainda estou analisando minhas opções, achei R$160 na pista um preço ok (dava pra pagar sem me desfazer de nenhum órgão), mas estou aqui anunciando meu rim para tentar comprar o ingresso pra Pista Premium. Caso algum de vocês esteja interessado, por favor deixem o contato nos comentários. 😉

Por conta de tudo que eu disse aí em cima, Foo Fighters volta a ser trilha sonora da semana (e se der tudo certo na compra do meu ingresso, eles voltam semana que vem. De novo? De novo.)
Depois de contar tudo que eu sei sobre o show, deixo a minha música preferida do último CD pra animar o sábado de vocês.

Cruzem os dedos para a compra do meu ingresso dar certo, ok? Por favor.
Bom sábado! =*

Happy

Chegou sábado, as provas acabaram e “eu tô feliz (eu tô feliz!), eu tô alto astral! Tô sorrindo à toa, curtindo numa boa, vou liberar geral“. Citações de Xuxa à parte, não vou liberar geral e a trilha sonora de hoje poderia ser Xuxa, mas não é. No momento tenho 300kg a menos nas costas, voltei a dormir e essa semana vou conseguir resenhar o último livro que li (e que deveria ter virado post duas semanas atrás). É, esse blog vai voltar ao normal. Aguardem!

Pra não perder o costume, sábado continua sendo o dia mais bonito por aqui, porque tem música, tem amor e hoje não tem preguiça, só alegria. Então respira fundo, abre o sorriso e se joga nessa música delícia, sem medo de ser feliz.

Because I’m happy
Clap along, if you feel like happiness is the truth
Because I’m happy
Clap along, if you know what happiness is to you
Because I’m happy
Clap along, if you feel like that’s what you wanna do”

um fim de semana bem feliz pra vocês. =*

Canções de apartamento

Conheci Cícero na aula de dança e vou dizer, foi amor a primeira nota. Fui ouvindo, me apaixonando e pedindo pro Shazam me contar que coisa linda era aquela. Foi assim que descobri o disco Canções de Apartamento, a trilha sonora de hoje.

Eu tenho três músicas preferidas nesse disco: Açúcar ou adoçante, Ensaio sobre ela e Pelo Interfone, mas além das minhas queridinhas, escuto o cd todo sem pular nenhuma, porque é muitamô junto num disco só. Tempos atrás, na época que o twitter bombava, eu tinha uma série de posts que chamava de “carinho pros ouvidos“, se eu ainda fosse moça do twitter, certeza que essas músicas já teriam aparecido por lá. É muito carinho, gente.

Dá o play e relaxa que hoje é sábado. =*

Palisades Park

Você conhece Counting Crows? Se respondeu não, clique aqui e comprove que está errado. Caso esteja certo, meu querido, onde você viveu nos anos 90 que nunca ouviu Mr. Jones? (Estou acreditando que você é uma pessoa que viveu nos anos 90. Por favor, não me diga que você nasceu nos anos 2000, não faça eu me sentir uma idosa).

Agora que você lembra do Counting Crows (ou conhece), vamos a trilha sonora do dia:

Eu não ouvia falar deles há tempos, achei que era uma dessas bandas que tem um música que faz muito sucesso, depois desaparecem por toda a eternidade. Sempre que alguém perguntava “conhece Counting Crows?”, eu sempre respondia “Shalalalala-la hããn yeeeah. Mr Jones …”

Eis que essa semana o marido me vem com a notícia que o Counting Crows voltou a vida.
“Lembra do Counting Crows?”
“Aqueles do Shalalalala-la hããn yeeeah. Mr Jones …? Lembro sim.”
“Lançaram CD novo. A capa é bonita. Vou baixar.”
Nesse mesmo dia ele escuta a primeira música e me diz que é maravilhoso (até ouvir a segunda música e se corrigir dizendo que a primeira música é maravilhosa) e ontem ele me emprestou o fone megapower digievoluido dele, pra que eu conhecesse a tal música tão maravilhosa.

A maravilha da história é essa trilha sonora de hoje, essa coisa linda que mostrei pra vocês. De tudo, tudo mesmo, o que mais amei foi o começo com o piano e o trompete. Foi tanto amor que o resto todo ficou lindo. Quem sabe um dia, quando me falarem de Mr. Jones eu troque o “Shalalalala-la hããn yeeeah. Mr Jones…” por “Aquele piano e aquele trompete”. ❤

 

2ois

Quem me apresentou a banda 2ois foi o marido, que conheceu a partir do programa Astros (uma espécie de American Idol brasileiro que passava em algum canal aberto). A dupla formada por General Sih e Leo Ramos, tem um som “indie” com letras divertidas e eu, a-chata-para-bandas-novas, adorei.

Se você curte músicas mais calminhas, indico O Astronauta e Sem pressa (as minhas preferidas).

Solta o som e se joga no fim de semana. =*

Call me Kat

Chegou sábado, chegou samba, suor e cerveja. SQN.

A trilha sonora dessa semana é uma das minhas músicas preferidas, mas que demorei quase um ano pra ser feliz e descobrir o nome da música e da banda.

A primeira vez que ouvi CallmeKat foi numa apresentação de dança. Apenas AMEI When should we go instantaneamente, mas naquela época eu não tinha o Shazam e só consegui ouvir a música novamente quase um ano depois, quando me dei ao trabalho de perguntar inocentemente “Gente, que banda é essa?”, pra poder ouvir a música no repeat freneticamente como se não houvesse amanhã.

Então caros leitores, não passem pela vida simplesmente, parem 5 minutos pra ouvir essa coisa linda!

Agora, depois de vivenciar o amor e a doçura em forma de música, minha “canção de ninar” (é ela que coloco pra tocar quando vou tentar dormir cheia de problemas na cabeça), saibam que ela tem outras músicas lindas, não tão lindas quanto essa, mas ainda assim, lindas. Por isso esse post vai ser especial e vai ter duas trilhas sonoras, pra que o final de semana de vocês seja lindo e feliz em dobro.

Dá o play e até segunda. =*

Seu Pereira e Coletivo 401

Chegou sábado, chegou música.

A trilha sonora dessa semana fica por conta de Já Era da banda paraibana Seu Pereira e Coletivo 401.

A primeira aparição do Seu Pereira e Coletivo 401 foi em 2009, mas não lembro quando foi a primeira que os (ou)vi. O que lembro é que a primeira vez que ouvi “Já Era”, já era. Fiquei encantada e a música ficou dias tocando sem parar na minha rádio mental. Daí no show seguinte fui cheia de expectativas e PAN! gostei de todas as músicas, foi lindo. Hoje, depois de assistir vários shows do Seu Pereira, posso dizer: É uma das melhores bandas do estado, sem dúvida. Escuta, vale cada segundo.

Tá em João Pessoa? Hoje a noite tem show dos moços. Tá longe? Dá o play, vai “se sentindo, se soltando” e aproveita esse som delícia no final de semana.

Para escutar mais do Seu Pereira e Coletivo 401, é só clicar aqui.

Até segunda. =*

Sambinha bom

Mais um sábado, mais uma trilha sonora pro final de semana.

A pedida da vez é o Sambinha Bom, de Mallu Magalhães.

A primeira vez que ouvi Mallu não curti. Não gostei da voz, da música, do jeito dela, de nada. Então deixei pra lá e fiquei espantada quando soube que ela tava namorando o Marcelo Camelo. Como super-fã dos Hermanos que eu era na época, só conseguia pensar: Que diabos Camelo tá fazendo com essa pirralha com jeito de retardada?. Preconceitos à parte, a vida andou, eu mudei, Mallu mudou e eis que surge o Pitanga, provando que estamos as duas ficando Velhas e Loucas.

O álbum é lindo, todinho. Nele eu gosto da voz, da música, do jeito dela nos clipes, de tudo.

Então dá o play no Sambinha Bom com cara de sábado e depois pode deixar o Pitanga rolando, porque depois dele, Olha só, moreno, é tudo cheio de doçura e amor.

Bom fim de semana (;